Miranda Brasil
Image default
saúde

Exame Domiciliar: entenda tudo sobre exames em casa

O exame domiciliar é uma modalidade de exame que vem ganhando cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo. Com a correria do dia a dia e a pandemia, muitas pessoas preferem fazer seus exames em casa, ao invés de ir a um laboratório. 

Nesse contexto, surge o laboratório móvel, que leva o exame até a casa do paciente. Neste conteúdo, vamos mostrar tudo o que você precisa saber sobre o assunto e os exames que os pacientes podem realizar em casa.

O que é um exame domiciliar?

O exame domiciliar é um serviço em que o paciente realiza exames em sua própria residência, sem a necessidade de se deslocar até um laboratório. 

Recomenda-se essa opção para pessoas que têm dificuldade de locomoção, idosos e pacientes que necessitam de acompanhamento contínuo.  

Assim como, para aqueles que não querem se expor a ambientes com grande circulação de pessoas, como laboratórios e hospitais.

Os tipos de exames que as pessoas podem fazer em casa incluem: exames de sangue, urina, fezes, testes rápidos, entre outros. 

Desse modo, as vantagens do exame domiciliar incluem a comodidade, o conforto e a segurança do paciente. Enquanto as desvantagens incluem possíveis erros na coleta e na interpretação dos resultados.

Desvantagens do exame domiciliar

Quais são os exames que podem ser realizados em casa?

Os exames mais comuns realizados em casa são os de sangue, urina e fezes. O exame de sangue pode avaliar a função dos órgãos, como fígado e rins, além de identificar infecções e doenças. 

O exame de urina pode detectar infecções urinárias e outros problemas renais. Já o exame de fezes serve para detectar parasitas e outras doenças gastrointestinais. 

Além desses, há ainda os testes rápidos, que detectam rapidamente doenças como HIV, hepatite C e sífilis.

Como funciona o exame domiciliar?

Antes de realizar o exame, o paciente deve se preparar seguindo as orientações do médico ou do laboratório. O exame em si é realizado de forma similar ao que é feito em um laboratório, com a coleta de amostras de sangue, urina ou fezes. 

Após a coleta, o paciente deve enviar o material para o laboratório, seguindo as instruções fornecidas.

Quais são as indicações para esse tipo de exame?

Como dissemos, o exame domiciliar é ideal para pessoas com mobilidade reduzida, idosos, pacientes que necessitam de algum tipo de acompanhamento e cuidado contínuo.

E claro, acaba sendo interessante para quem quer evitar locais mais cheios de pessoas, como pode acontecer em hospitais e clínicas com alto fluxo de pacientes. 

Do mesmo modo, ele é uma opção viável para pacientes que vivem em áreas remotas ou que têm dificuldade de acesso a serviços de saúde.

Além disso, o exame domiciliar pode ser uma opção para aqueles que precisam realizar exames de rotina, como exames de sangue e urina, para monitorar a saúde e prevenir doenças.

Quais são os cuidados que devem ser tomados durante o exame domiciliar?

Para garantir a segurança e a eficácia do exame domiciliar, é importante seguir algumas orientações antes, durante e depois da coleta das amostras. 

Antes de realizar o exame, o paciente deve se preparar seguindo as orientações do médico ou do laboratório. Isso inclui evitar o consumo de alimentos ou bebidas específicas e manter uma boa higiene pessoal.

Durante a coleta das amostras, é importante seguir as orientações do laboratório para garantir a qualidade e a precisão dos resultados. 

Isso inclui usar os materiais adequados para a coleta e armazenamento das amostras e ter uma boa higiene pessoal para evitar a contaminação do material.

Após a coleta das amostras, o paciente deve enviar o material para o laboratório o mais rápido possível, seguindo as indicações fornecidas. 

É importante lembrar que a qualidade e a precisão dos resultados dependem da coleta adequada e do envio correto das amostras.

exame domiciliar

Quais são as contraindicações?

Embora o exame domiciliar seja uma opção conveniente e segura para muitas pessoas, existem algumas contraindicações que deve-se levar em consideração. 

Por exemplo, o exame domiciliar pode não ser recomendado para pacientes que precisam de uma coleta mais complexa ou invasiva, como biópsias ou exames de imagem.

Além disso, pacientes com condições médicas específicas, como doenças crônicas, doenças autoimunes ou distúrbios sanguíneos, devem conversar com seus médicos antes de optar pelo exame domiciliar. 

Isso porque essas condições podem afetar a interpretação dos resultados do exame e exigir uma avaliação mais completa e precisa.

Como solicitar um exame domiciliar?

Para solicitar um exame domiciliar, é preciso encontrar uma empresa que ofereça esse tipo de serviço. Existem diversos laboratórios que possuem essa modalidade de exame em seu catálogo de serviços. 

É possível agendar por telefone, site ou aplicativo, e o valor pode variar de acordo com o tipo de exame e o local onde o paciente reside. Após a coleta e envio do material, é possível obter os resultados pela internet ou por telefone.

Vantagens do exame 

Fora a comodidade e segurança, o exame domiciliar também traz outras vantagens para o paciente, como a economia de tempo e dinheiro. Uma vez que não é necessário se deslocar até um laboratório e pagar por estacionamento ou transporte público. 

Além disso, o exame domiciliar oferece mais privacidade e conforto para o paciente. Afinal, ele pode realizar o exame em sua própria casa, sem precisar se expor a outros pacientes em ambientes de saúde.

Desvantagens do exame domiciliar

Por outro lado, o exame domiciliar pode apresentar algumas desvantagens, como possíveis erros na coleta ou na interpretação dos resultados, devido à falta de treinamento ou experiência dos profissionais envolvidos. 

Além disso, em alguns casos, pode haver a necessidade de realizar exames adicionais em um laboratório, para confirmar ou complementar os resultados obtidos em casa. 

É importante ressaltar que um médico deve indicar e supervisionar o exame, e avaliará se o paciente está apto para realizá-lo em casa.

Conclusão

O exame domiciliar é uma opção cada vez mais popular, pois oferece comodidade e segurança na realização dos exames. 

No entanto, é importante lembrar que nem todos os exames podem ser feitos em casa. E claro, que é preciso seguir as orientações do médico e do laboratório para evitar erros na coleta e na interpretação dos resultados.

Dessa forma, o Laboratório Móvel é uma opção prática e eficiente para quem deseja realizar exames em casa, pois leva a coleta e análise das amostras até a residência do paciente. 

No entanto, é fundamental escolher um serviço de qualidade e confiável, que utilize materiais e equipamentos adequados e siga todas as normas e regulamentações necessárias para a realização dos exames.

Mas é importante lembrar que a orientação médica é fundamental e cabe ao médico avaliar cada caso e indicar a melhor opção para cada paciente.

Leia também:

Related posts

Colar de âmbar é eficiente para a dentição dos bebês: mito ou verdade?

Bianca

Ambulância no seu evento? Saiba mais

Gilson Rodrigues

8 dicas de como evitar a ansiedade e alimentos que podem ajudar

Gilson Rodrigues