Miranda Brasil
Image default
noticias

DICAS PARA CUIDAR MELHOR DO SEU GATO

Quem ama um felino e não sabe viver longe dos bichanos precisa saber que esses animais adoráveis necessitam de cuidados especiais para viverem felizes e saudáveis.

Vamos ver algumas dicas que fazem toda a diferença no dia a dia dos gatinhos:

Leia também:

CAIXA DE AREIA SEMPRE LIMPA

Todos sabem que os gatos são animais extremamente limpos e que os famosos “banhos de gato” duram horas e horas. Não é apenas com o corpo que os felinos se preocupam, mas também com o ambiente em que vivem.

Sendo assim, você deve manter a caixa de areia do seu animal de estimação sempre limpa. Verifique uma vez por dia e faça as trocas da areia conforme a recomendação dos fabricantes. Isso é essencial para o bem estar do seu bichinho.

CONSULTAS REGULARES AO VETERINÁRIO

Um check up deve ser feito pelo menos a cada um ano. Esse tempo é o ideal para tomar as vacinas e analisar a saúde do seu gato. Isso vai te aliviar de possíveis complicações futuras, quando pode descobrir um problema de saúde no animal já em processo avançado.

CASTRAÇÃO É RECOMENDADA

Evitar doenças ou até mesmo uma ninhada indesejada é a função principal da castração do gatinho. As fêmeas entram no cio duas vezes por ano então é necessário pensar no controle dessa população, o que evitaria tantos gatos soltos ou filhotes abandonados pela rua. Faça sua parte!

ESCOVE SEU GATO COM FREQUÊNCIA

Escovar seu gato é importante, já que como ele se limpa com frequência, acaba ingerindo muitos pelos. A escovação também ajuda a manter o pelo bonito e mais saudável. Nos petshops existe uma infinidade de escovas apropriadas, dos mais diversos modelos e valores.

RAÇÃO DE QUALIDADE

Nós somos o que comemos e com os gatinhos não é diferente. Procure sempre oferecer a melhor ração para o seu animal. Pesquise e peça orientação ao seu veterinário. Manter uma boa alimentação influencia diretamente na saúde do seu pet de estimação.

MANTENHA SEU GATO EM CASA

Atropelamentos, envenenamentos, doenças perigosas, quedas acidentais… são inúmeros os perigos que as ruas oferecem aos pets de estimação. Essa cultura de que os gatos são animais independentes é furada. Se eles forem criados desde pequenos em casa, eles naturalmente são animais domésticos e desconhecem os riscos externos.

Um gato que vive protegido em casa vive mais e melhor que um gato de rua. Isso é inegável. Então, é sua responsabilidade como tutor manter o gatinho em segurança. Não deixe ele sair e se necessário coloque redes de proteção para gatos nas janelas, sacadas, varandas e qualquer outro vão por onde o seu bichano possa escapar.

GATOS ADORAM BRINCAR

Os felinos são curiosos e ativos por natureza. Com isso, eles estão sempre prontos para brincar. Evite estimular seu gato com brincadeiras estressantes, como seguir uma luz, por exemplo.

O felino precisa interagir e se divertir na brincadeira, gastando energia e fazendo exercícios. Se a brincadeira é fazer ele seguir um alvo, que seja um alvo que ele possa em determinado momento alcançar e pegar, assim ele estará realmente participando e apenas sendo feito de bobo.

MANTENHA SEU FELINO HIDRATADO

Você sabia que os gatos não gostam de tomar água parada? Eles sempre buscam uma forma de água corrente para matar a sede. Se perceber que seu gato não se hidrata de forma adequada, convém procurar no petshop uma fonte de água específica para gatos.

Além disso, é necessário manter a água sempre limpa, fresca e protegida do sol. Se possível, deixe a água longe da ração, já que os felinos não gostam de se alimentar no mesmo local que bebem água.

ADAPTE O AMBIENTE PARA SEU GATO

Adaptar seu lar para uma boa vivência do pet ganhou recentemente até uma denominação nova. É a GATIFICAÇÃO, ou seja, adaptar o ambiente para o gatinho. Instale prateleiras nas paredes, coloque arranhadores, já que os gatos adoram ficar no alto e subir nas coisas, bem como precisam arranhar coisas para desestressar.

As Telas de Proteção também são essenciais, já que essa história de que os gatos sempre caem em pé é inútil quando a altura do apartamento for superior a 15 ou 20 metros. Mesmo caindo em pé (que é uma natureza nata dos bichanos), ele com certeza vai acabar se machucando ao tocar o solo de uma distância tão grande, podendo quebrar ossos ou romper algum músculo ou tendão.

Esses são os cuidados básicos essenciais para você criar um gato com qualidade. Se você ainda não tem um, quem sabe não seria legal você adotar? Existem dezenas de entidades que trabalham com resgate de filhotes e que precisam de um lar. Assim além de satisfazer o sonho de criar um felino, você ainda ajuda a sociedade tirando um gatinho das ruas.

Leia também:

Related posts

Nunca mais deixe toalhas molhadas no seu quarto – saiba o porquê!

MirandaBrasil

Por que você precisa saber sobre a Convenção Coletiva de Trabalho?

MirandaBrasil

Como adicionar um contato em um grupo do WhatsApp? – Tutorial para Android e Mac!

MirandaBrasil

1 Comentários

Deixe um Comentário