Miranda Brasil
Image default
negócios

Rede de proteção: você sabe qual a ideal para o seu apartamento?

A rede de proteção é o equipamento ideal para quem deseja um apartamento seguro. Ela pode prevenir quedas, principalmente de crianças, além de evitar que os gatos fujam. Essa proteção extra pode ser instalada tanto na sacada, quanto nas escadas e também nas janelas. Você sabe, porém, qual é a ideal para o seu apartamento?

Utilizada, principalmente, para evitar quedas em janelas, sacadas, corrimão de escadas e piscinas, as redes de proteção são extremamente importantes. Atualmente, são confeccionadas nos mais variados materiais. E conhecê-los é essencial para fazer a escolha certa.

Determinados tipos de materiais oferecem mais resistência que outros. No entanto, algumas dicas gerais podem e devem ser seguidas. Um exemplo é a de que a matéria-prima da rede de proteção não pode ser reciclada a fim de que garanta toda a força necessária para que ela seja segura.

É importante ainda que o material passe por um processo de impermeabilização, além de tratamentos contra a ferrugem e o clima. E, por fim, por testes de resistência que são imprescindíveis para garantir que a rede esteja segura.

Materiais e como escolher

As redes de proteção são feitas, principalmente, a partir de dois materiais, a poliamida e o polietileno. Eles são diferentes e possuem características próprias.

Polietileno: possui um aspecto de plástico. É resistente contra a ação do tempo e desgaste. Segundo especialistas, esse material tem a mesma resistência à tração que o aço, mesmo sendo mais leve. É adequada para janelas e sacadas.

Poliamida: Já a rede de proteção feita de poliamida, popularmente conhecida como nylon, se assemelha a um tecido. Ela não é tão resistente ao tempo e nem é impermeável. Por isso, dura menos. Ela também pode ser usada em sacadas e janelas, mas é mais indicada para ambientes internos.

Neste sentido, a principal diferença entre esses materiais é a textura. Enquanto o polietileno é semelhante ao plástico e mais rígido ao toque, o nylon se assemelha mais a tecidos trançados, o que proporciona maior maciez.

O nylon pode não ser uma boa ideia para ambientes externos, afinal, não é muito resistente a chuva, sol e umidade. Podendo colocar em risco sua proteção e, consequentemente, a segurança de toda a família.

Cuidados com a rede de proteção

Muito além da escolha do material que compõe a rede, é preciso também ter atenção na hora de instalar o produto. O ideal é contratar uma empresa especializada nesse tipo de instalação, a fim de que ela faça todo o processo de forma correta e adequada com o espaço onde a rede ficará.

Quando instalada da forma errada, a principal função da rede, que é a de proteger, fica ameaçada. Os ganchos que prendem o material podem ficar bambos, comprometendo sua segurança e correndo o risco de acumular água e enferrujar.

A rede de proteção demanda ainda uma manutenção periódica. É sempre importante checar se não há nenhuma parte do material rasgando e desfiando. E ainda, checar os ganchos para ver se todos estão firmes. Por fim, é indicado a troca após 3 anos de uso da rede.

A rede de proteção é essencial para quem deseja um apartamento mais seguro. Não deixe esse cuidado de lado.

Leia também:

Related posts

As melhores panelas para dar de presente

MirandaBrasil

O que é nômade digital: saiba tudo e ganhe dinheiro de modo online

MirandaBrasil

Curso gratuito de Excel online

MirandaBrasil

Deixe um Comentário