Miranda Brasil
Image default
negócios

Entenda o que faz um analista de dados e sua importância

A grande competitividade presente nos diferentes mercados faz com que as empresas busquem decisões mais assertivas. Desse modo, entender o que faz um analista de dados é fundamental para conhecer a importância desse profissional para os resultados da marca.

De modo geral, por se tratar de uma área voltada para tecnologia, você pode se tornar um bom analista de dados com a palma da sua mão. Ou seja, através de cursos e pós graduação EAD pode adquirir conhecimentos fundamentais para seguir na área.

Pensando no crescimento da profissão, preparamos o conteúdo a seguir com tudo o que você precisa saber sobre o que faz um analista de dados. Conheça o significado e importância desse profissional, atividades rotineiras e tipos de análises mais usadas.

Afinal, o que é um analista de dados?

De modo geral, um analista de mercado é o profissional responsável pela coleta e estudo das informações que envolvem uma empresa. Desse modo, com base nos dados desenvolver junto a outros membros novas estratégias de crescimento. 

Portanto, através de vários dados, gráficos e tabelas é possível entender o comportamento do público alvo da empresa. Assim, desenvolver uma base de dados para a criação de novas ações de marketing, criação de produtos e melhora no relacionamento.

Por isso, o profissional de análise de dados precisa ter uma visão analítica do negócio, apresentando diferentes cenários, oportunidades e melhorias a todo instante. O trabalho do analista é diário, visa o conhecimento de padrões que ajudem o desenvolvimento da marca.

Por que saber o que faz um analista de dados é importante?

Depois de conhecer o que é um analista de dados, entender sua importância é bastante simples. Afinal, ele tem a função de ser o elo entre a equipe de dados com os profissionais da área de negócio. 

Sendo assim, atua como uma espécie de intérprete dos dados coletados, apresentando possíveis soluções para processos e oportunidades de negócio. Com isso, ele é um profissional fundamental para a competitividade e crescimento da empresa. 

A partir de suas funções, a empresa consegue definir melhores estratégias para abordar seus consumidores, escolhendo as mídias e tom de voz corretos. Logo, ajudando no aumento da atração e conversão de novos clientes.

Portanto, o analista de dados é fundamental para o crescimento das receitas de todas as organizações. Por isso, sua função se mostra cada vez mais essencial, tornando a área uma das mais promissoras do mercado de trabalho

Afinal, o que faz um analista de dados?

O que faz um analista de dados

  • Trabalhar em parceria com o time de dados;
  • Explorar problemas e possibilidades para ter insights;
  • Consultar bancos de dados SQL;
  • Criar e monitorar métricas e KPIs;
  • Montar e apresentar relatórios;
  • Orientar decisões e acompanhar os efeitos.

Certamente uma das principais tarefas de um analista de dados é organizar junto à equipe quais as análises e as maneiras que os dados serão coletados. Além disso, a partir dos dados ele tem a função de entender problemas e desenvolver soluções.

Assim como, descobrir possíveis novas oportunidades de negócio, seja o desenvolvimento de novos produtos ou alterações no processo de vendas. Para realizar essas atividades o analista de dados precisa criar e monitorar métricas e indicadores, os chamados KPIs.

Já com uma boa análise dos dados tem como função criar de maneira didática relatórios que serão apresentados para membros de outros setores. Desse modo, construir junto a outros profissionais alternativas para o desenvolvimento da empresa.

Portanto, o profissional de análise de dados possui uma grande variedade de tarefas e necessitam de diferentes soft e hard skills. Por isso, para o bom desempenho é preciso ter uma boa comunicação e pensamento crítico. 

Assim como, uma boa habilidade para programação, conhecimentos sobre inteligência artificial e números. Ou seja, um profissional que caminha tanto por áreas técnicas como interpessoais.

O que faz um analista de dados: principais análises

Para o desenvolvimento da rotina do analista de dados são necessários o desenvolvimento de 4 principais análises. A partir delas é possível visualizar as informações de diferentes ângulos, proporcionando melhores resultados. Confira!

Analise diagnostica

Análise descritiva

De modo geral, uma das análises mais simples é a descritiva. Assim, ela tem o objetivo de fornecer dados e análises sobre ações que já aconteceram. Ou seja, sobre a quantidade de cliques em links, acessos e visualizações.

Por isso, esses dados podem ser obtidos, muitas vezes, de maneira automática. No entanto, embora simples, é uma análise fundamental para o entendimento das próximas análises e serve como base para o entendimento completo da assertividade das ações.

Análise preditiva

Já a análise preditiva tem o objetivo de ajudar a criar possíveis projeções para cada estratégia. Assim, indica tendências futuras com base em dados do passado. Desse modo, ajuda a criar ações para diferentes tipos de cenários.

Esse tipo de análise é muito utilizada para a elaboração de novas estratégias de marketing, pois leva em consideração erros do passado, buscando melhores resultados.

Análise diagnóstica

A análise diagnóstica, como o nome já deixa a entender, tem a função de encontrar um problema e os motivos dele estar acontecendo. Com isso, é muito utilizada para entender a baixa no número de vendas ou de clientes.

Análise prescritiva

Por fim, existe também a análise prescritiva que tem o objetivo de apresentar ações sobre potenciais acontecimentos. Portanto, é uma ferramenta fundamental para que a empresa não seja pega de surpresa, já criando soluções para problemas de curto ou longo prazo.

Conclusão

Com todas as informações apresentadas no texto é possível entender o que faz um analista de dados. Desse modo, compreender sua importância para o desenvolvimento da empresa, analisando informações sobre consumidores, produtos e mercado.

Para isso, o profissional necessita de uma boa capacidade analítica, procurando entender não só os dados obtidos mas ter capacidade de apresentá-los a outros membros. Entre as principais atividades destacamos o monitoramento de KPIs e dados SQL.

Para realizar suas funções com qualidade, o analista de dados se baseia em quatro modelos de análises, que fornecem a ele uma visão ampla de diferentes cenários. Em suma, as análises são: descritivas, preditivas, diagnósticas e prescritivas.

Leia também:

Related posts

Como conseguir uma renda extra na internet

Gilson Rodrigues

Como abrir uma Empresa? Saiba quais são os procedimentos de legalização.

Jorge Torrez

5 ideias de brindes personalizados para celebrar o Dia das Mães

Gilson Rodrigues