Miranda Brasil
Image default
noticias

Como funciona o Arduino? Saiba para que serve o componente

Para quem está iniciando sua jornada na área de programação eletrônica, o Kit Arduino Iniciante da Eletrogate é a opção ideal. Esse kit é um conjunto de peças e componentes eletrônicos utilizados na construção de projetos.

O Arduino foi desenvolvido para ser simples e eficiente, isso explica o seu uso crescente na área tecnológica. A seguir, trazemos mais informações para você entender melhor sobre o Arduino – como funciona, para que serve, quais os tipos. Confira!

O que é o Arduino?

O Arduino é uma plataforma para desenvolver projetos eletrônicos e robótica, uma plataforma de prototipagem eletrônica. É constituído por hardware e software, o que permite desenvolver vários projetos tecnológicos.

Estamos falando de um dispositivo que facilita a construção de projetos robóticos, de fácil uso e open source (código aberto). A plataforma Arduino interage com qualquer ambiente através de hardware e software e pode ser ligado ao computador ou uma rede para enviar e receber dados.

Para que ele serve?

O Arduino serve para facilitar e melhorar o aprendizado de programação, ensinando o estudante a criar projetos de eletrônica e robótica, criar jogos, automatizar escritórios, entre outros.

A lista de possibilidades ao usar Arduino é grande. Por permitir conexão com outros acessórios (display, teclados, etc) é possível, por exemplo, fazer automação de residências, como trancar ou destrancar portas eletronicamente, controlar volume de som e apagar luzes automaticamente.

Além disso, serve para programar a segurança residencial (sensores de movimento, alarmes, câmeras, etc). Enfim, as possibilidades são vastas tanto para uso residencial, como comercial e industrial.

Como funciona o Kit Arduino?

kit arduino

O Arduino funciona a partir de códigos de programação feitos no computador e transferidos para uma placa que será instalada nos sensores escolhidos por meio de fontes para alimentação. 

O Arduino é formado por duas partes: o hardware (diferentes modelos de placas) e o software (que será instalado na placa). A programação do código é feita em algum ambiente de desenvolvimento (IDE) e depois transferido para a placa via conexão USB.

O programa feito na IDE em um computador pode ser destinado para diversas funções: detecção de fumaça, controle de luzes, entre outras funções, como já mencionado anteriormente. 

No contexto de hardware, existem vários tipos de placas, para começar a utilizar essa tecnologia o usuário precisa de um Kit Arduino Iniciante composto por uma placa Arduino e componentes eletrônicos como LED, sensores, cabos, jumpers, resistores e outros. 

Tipos de Kit Arduino

Os tipos de Arduino se dividem entre os modelos de placas. Existem dezenas de placas, sendo o Arduino Uno o modelo mais popular. Cada opção atende tipos diferentes de projetos, grandes, médios, que precisam ou não de muita memória, se será usado por usuário avançado ou não.

Nesse contexto, para quem está começando, o Kit Arduino Iniciante da Eletrogate é uma ótima opção, pois não requer conhecimento prévio. Eles vão guiar o usuário através de lições pré-desenvolvidas com um manual mostrando como usar os componentes de hardware.

Kit Arduino Uno

Esse é o mais conhecido, isso se dá pela sua simplicidade e custo- benefício. A melhor opção para iniciantes. Foi um dos primeiros modelos a permitir alimentação via USB, facilitando a interação com o computador no momento de transferir o código para a placa. 

O Arduino Nano é baseado no microcontrolador ATmega328P, possui 14 pinos digitais de entrada e saída, 6 entradas analógicas, conexão USB, conector de alimentação de energia, conector ICSP e botão reset. 

Kit Arduino Mega

É maior que o modelo UNO, possui 54 pinos digitais de entrada e saída, 16 entradas analógicas e 4 portas seriais de hardwares (UARTs). É baseado no microcontrolador ATMega2560.

Indicado para quem deseja criar projetos mais elaborados que necessitem de maior número de entradas e saídas, em outras palavras, é recomendado para projetos maiores, que precisam de grande capacidade de memória.

Arduino Nano

O Arduino Nano é baseado no microcontrolador ATmega328. Ele possui 14 pinos digitais de entrada e saída e 8 entradas analógicas. Pode ser conectado diretamente em uma protoboard (placa de prototipagem usada para testar componentes e circuitos eletrônicos), a conexão desse modelo é feita via mini cabo USB.

Por ser de porte pequeno, com menos pinos para o usuário inserir seus periféricos, o Arduino Nano é recomendado para projetos que precisam de pouco espaço para operar. Também é uma boa opção para quem está iniciando.

De fato, existem diferentes placas, menores, simples, com menos funções, ou placas maiores, com maior número de funções, porém, com custo mais elevado. O Arduino Uno é um meio-termo, sendo o mais usado, com aplicação básica dos seus periféricos, linguagem simples e preço acessível.

Como escolher o melhor componente eletrônico certo para o seu projeto?

A escolha do componente eletrônico para o projeto depende do poder de processamento do microcontrolador que o projeto vai precisar e do número de conexões que serão necessários. Nesse sentido, para escolher o melhor componente é preciso consultar a especificação do modelo e comparar se atende ao projeto.

O Arduino Mega, por exemplo, é recomendado para projetos um pouco mais complexos, que necessitam de maior número de conexões, as chamadas portas. Além disso, cada tipo apresenta uma tensão diferente (5V, 10V, etc.), possuem capacidade de memória diferentes, entre outras características. Enfim, para escolher o melhor tipo de Arduino é preciso analisar os seguintes pontos:

  • Quais funcionalidades o projeto precisa;
  • Qual é o orçamento para o projeto;
  • Qual é a complexidade de programação;
  • Qual número de componentes externos será utilizado.

Com isso em mente, é possível comparar as especificações e preços de cada componente com as necessidades do projeto e, assim, escolher a opção ideal, ou seja, aquela que atende melhor às especificações.

Para adquirir o Kit Arduino Iniciante você pode visitar o site da Eletrogate, que oferece uma gama de opções de componentes eletrônicos para o seu projeto. Acesse a página e confira todas as opções disponíveis.

Leia também:

Related posts

A história da ambulância que você nunca conheceu antes.

Gilson Rodrigues

Cigarro sem nicotina é realmente mais seguro?

Jorge Torrez

Como saber a hora certa de fazer a troca de óleo do motor?

marcela